terça-feira, 22 de janeiro de 2019

Balcão de empregos

Para se cadastrar no sistema do Balcão de Empregos são necessários os seguintes documentos: identidade, CPF, carteira de trabalho, comprovante de residência e o número do PIS.

Atendimento:  De segunda a sexta-feira, das 8h30 às 16h30, na avenida Alberto Braune, 225 - centro - na antiga rodoviária.

 Vagas:

Agente de Portaria

Atendente de Posto de Gasolina

Auxiliar Administrativo

Auxiliar de Contabilidade

Costureira

Estoquista

Gerente Administrativo

Nutricionista

Arquivista

Recepcionista de Hotel

Wanderson Nogueira não é mais do PSOL

O deputado estadual Wanderson Nogueira, por não ter conseguido se reeleger, se despede da Alerj, agora em janeiro, e também do partido que representou junto à Assembleia. Nesta segunda-feira, 21, ele anunciou em sua rede social, a sua desfiliação do PSOL sem, no entanto, informar para qual sigla irá migrar e se irá migrar para algum outro partido, o que é bem provável.

"Saio como entrei: pela porta da frente e de cabeça erguida. Só tenho a agradecer!" - afirmou Wanderson.

segunda-feira, 21 de janeiro de 2019

Ex-governador do Rio, Pezão vira réu em ação penal apresentada pela PGR

A Justiça Federal no Rio de Janeiro aceitou denúncia oferecida pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o ex-governador Luiz Fernando Pezão e outras 14 pessoas. Apresentada em dezembro do ano passado no Superior Tribunal de Justiça (STJ), a ação penal foi remetida à primeira instância, uma vez que Pezão perdeu o foro privilegiado com o fim do mandato no governo do estado.

Na decisão contra os 15 denunciados, o juiz federal Marcelo Bretas ressalta que Pezão não só integrou a organização criminosa liderada por Sérgio Cabral, como o sucedeu nas práticas ilícitas no comando do governo do Estado do Rio de Janeiro. O magistrado destacou que a PGR anexou ao processo inúmeros tipos de provas – testemunhal, documental, depoimentos de colaboradores, dados bancários, telefônicos e fiscais – que comprovam o esquema.

Na denúncia, Raquel Dodge revelou que o pagamento de vantagens indevidas se repetiu na maioria das obras de construção civil executadas pelo estado na última década. Foram desviados tanto recursos federais – como os destinados ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) –, quanto estaduais. Como consequência de investigações já concluídas, mais de US$ 100 milhões já foram recuperados e devolvidos aos cofres públicos.

No caso específico da denúncia oferecida no âmbito da Operação Boca de Lobo, as investigações tiveram como ponto de partida declarações fornecidas por Carlos Miranda, um dos intermediários do esquema criminoso, e também abrange as obras de iluminação do Arco Metropolitano, orçadas em R$ 96 milhões. 

Em novembro do ano passado, com a deflagração da Operação Boca de Lobo, além de Pezão, foram presas outras sete pessoas, incluindo cinco agentes públicos que ocupavam cargos estratégicos no governo e foram apontados como sendo os seus operadores. A maioria continua presa.

De acordo com a ação penal, entre 2007 e 2014, período em que exerceu os cargos de secretário de Obras e de vice-governador, Luiz Fernando Pezão recebeu “por 85 vezes vantagens indevidas, consistente no pagamento de dinheiro, em espécie, de origem ilícita”. Como remuneração por integrar a organização criminosa, o emedebista recebeu mesada de R$ 150 mil. Havia, inclusive o pagamento de 13º. A comprovação dos pagamentos foi feita por meio de depoimentos, materiais apreendidos em endereços ligados a integrantes do esquema e outros decorrentes de quebras de sigilos autorizadas pela Justiça. Integram a relação de provas bilhetes em que o governador era identificado por apelidos como “pé”, “pzão”, “big foot” e “pezzone”.

Forças Armadas vão oferecer apoio logístico ao Mais Médicos

Exército, Marinha e Aeronáutica vão oferecer apoio logístico ao programa Mais Médicos, que leva profissionais para regiões onde há escassez ou ausência de atendimento na rede de atenção básica. O texto da Portaria nº 94/2019 do Ministério da Defesa determina as atribuições de cada uma das forças nesse processo.

A Marinha e o Exército ficaram responsáveis por oferecer meios logísticos (pessoal e material) necessários para a recepção, a hospedagem, o transporte e a distribuição dos médicos intercambistas e supervisores nos municípios de atuação. A responsabilidade da Aeronáutica diz respeito ao transporte aéreo dos profissionais.

As três forças, além do chefe do estado-maior conjunto das Forças Armadas, também devem designar um oficial para promover a ligação com os demais órgãos governamentais; informar o Ministério da Defesa sobre as ações de apoio e o montante financeiro necessário; e aplicar os recursos.

Vagas preenchidas

De acordo com balanço divulgado pelo Ministério da Saúde na terça-feira (15), 82% das vagas do último edital do Mais Médicos foram preenchidas. Após o fim da cooperação com a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), 8.517 oportunidades foram abertas na primeira chamada do edital. Na segunda chamada foram 2.549 vagas em 1.197 municípios e 34 distritos indígenas. Ao fim desta etapa, mais de 7 mil médicos com registro no Brasil se apresentaram aos municípios. 

Confira o cronograma das próximas etapas:

22/01 – Publicação da validação dos documentos dos brasileiros formados no exterior.

23 e 24/01 – Brasileiros formados no exterior escolhem vagas disponíveis.
29/01 – Publicação da validação dos documentos dos estrangeiros formados no exterior.

30/01 e 31/01 – Estrangeiros formados no exterior escolhem vagas disponíveis.

Curso de Comunicação Eficaz em Nova Friburgo

Objetivo é capacitar empresários e líderes a adotarem técnicas e ferramentas na busca de melhor desempenho nas interações profissionais em favor dos resultados

Entre os dias 29 de janeiro e 1º de fevereiro (de terça a sexta-feira), das 18h às 22h, empresários e profissionais com cargos de liderança da Região Serrana terão a oportunidade de participar do curso: “Comunicação Eficaz - Gerenciando Interações e Apresentações Profissionais Produtivas”. O objetivo da iniciativa, que é do Sebrae Rio, é capacitar os empresários, líderes e demais participantes, a adotarem as técnicas e ferramentas de comunicação na busca do melhor desempenho pessoal nas interações profissionais, em favor dos resultados desejados.

O Curso “Comunicação Eficaz”, que acontecerá na sede do Sebrae Rio (Rua Fernando Bizzotto, nº 72 -  Centro / Nova Friburgo), está com as inscrições abertas e é direcionado para todos que desejam melhorar suas habilidades de comunicação, relacionamento e apresentação, buscando despertar aquilo que há de único dentro de cada participante. O número de vagas é limitado.

O conteúdo do curso inclui três blocos que são divididos em quatro aulas:

- Bloco temático 1: Percepção individual do processo comunicativo;
- Bloco temático 2: Gestão de si, do espaço e do público;
- Bloco temático 3: Planejamento e uso dos recursos e comunicação na prática (dividido em dois encontros).

Competências

O curso faz com que os participantes superem suas dificuldades ou inseguranças, melhorando seu desempenho frente à comunicação e nas tarefas que exijam habilidades para falar em público, conduzir reuniões, apresentações, vendas e orientar pessoas.

Além disso, faz com que os participantes aprendam a utilizar técnicas, exercícios e ferramentas que favoreçam o domínio da oratória e o desempenho comunicativo no contexto profissional e nas relações interpessoais, alcançando os resultados estimados pela empresa e relações mais saudáveis e produtivas.

Para se inscrever ou obter mais informações, os interessados devem entrar em contato pelo telefone: (22) 2523-6908 (Sebrae Rio), ou enviar e-mail para: katiabarreto@rj.sebrae.com.br.

Serviço:

Curso “Comunicação Eficaz - Gerenciando Interações e Apresentações Profissionais Produtivas”
Data: de 29/01 a 1º/02/2019
Horário: das 18h às 22h
Local: Escritório Regional do Sebrae Rio
Endereço: Rua Fernando Bizzotto, nº 72 -  Centro / Nova Friburgo
Carga horária: 16 horas

domingo, 20 de janeiro de 2019

Edital de Inovação para a Indústria é lançado na Firjan

Valor total do apoio é de R$ 13 milhões para o desenvolvimento de projetos em áreas como sustentabilidade, bem-estar social e inteligência operacional

Nessa segunda-feira, dia 21, será lançado na sede da Firjan, no Rio de Janeiro, o Edital de Inovação para a Indústria categoria C. O valor total do apoio é de R$ 13 milhões para o desenvolvimento de projetos em áreas como sustentabilidade, bem-estar social, inteligência operacional e eficiência. Startups, micro e pequenas empresas de base tecnológica interessadas em solução de desafios propostos por grandes indústrias podem participar. A inscrição para o evento de lançamento na Firjan pode ser feita através do sitewww.firjan.com.br.

O lançamento na Firjan é uma oportunidade única para que as startups conheçam as empresas, tirem dúvidas e desenvolvam projetos incríveis para transformar a nossa indústria”, afirma a coordenadora de Desenvolvimento de Negócios da federação, Tami Vivas.

O Edital de Inovação para a Indústria categoria C é uma parceria de grandes empresas com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Na análise de Marcelo Prim, gerente-executivo de Inovação e Tecnologia do SENAI, as novas chamadas se destacam pelo maior aporte financeiro que as empresas estão colocando nos projetos. “O aumento da quantia investida pelas empresas mostra que elas estão vendo maior valor agregado nos editais de inovação”, afirma. “O edital não só conecta a demanda de grandes empresas com startups, como é uma oportunidade de compartilhar riscos tecnológicos e de negócios e de ter acesso ao quadro de pesquisadores que o SENAI coloca à disposição”, complementa.

 Empresas parceiras

Uma das chamadas é da Enel, um dos principais players de energia do país. As inscrições abrem no dia 23 de janeiro e se encerram no dia 29 de março de 2019.  A empresa propõe três desafios. Um deles pede soluções para levar água potável a populações sem acesso a serviços de água tratada e esgoto. O outro diz respeito à diminuição de poeira em residências próximas a construções de usinas fotovoltaicas e eólicas. O terceiro pretende resolver a gestão de resíduos sólidos e promoção do melhor aproveitamento do lixo no Nordeste brasileiro.

A outra chamada é da Engie Energia. Neste caso, as inscrições iniciam no dia 21 e seguem até 31 de março de 2019. Serão selecionadas até seis startups que apresentem soluções aplicáveis e funcionais. Dos três desafios propostos, dois estão centrados no desenvolvimento de plataformas digitais (como formato de nuvem e big data) que permitam otimizar o consumo de energia, por meio de análise de perfil de consumo, inteligência operacional e diminuição de desperdícios. O terceiro pede um sistema para gestão da saúde e segurança do trabalho para reduzir a incidência de acidentes. 

A terceira chamada é da Ternium, empresa especializada na produção e processamento de produtos em aço. Neste caso, as inscrições iniciam no dia 21 de janeiro e seguem até o dia 15 de março de 2019. Serão selecionadas até 10 startups que apresentem soluções para três temas. O primeiro deles propõe que a startup desenvolva monitoramento online para garantias físico químicas das matérias-primas e solução automatizada para determinação de peso de materiais baseado no volume versus densidade.

O outro diz respeito à mobilidade com segurança e pede à startup que crie tecnologia para carros industriais autônomos de transporte de metal líquido nos processos siderúrgicos. E, por fim, uma solução para rastreamento e monitoramento online dos resíduos e coprodutos gerados no processo siderúrgico. “Estamos sempre em busca de novas tecnologias que aprimorem a segurança operacional, melhore a qualidade de trabalho dos nossos funcionários e promova inovação. Estamos animados com as novas ideias e soluções que podem surgir desse projeto”, conclui  Marcelo Chara, presidente-executivo da Ternium.

Nos dias 23 e 25 de janeiro, respectivamente, as chamadas também serão lançadas na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e na Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep).

Como funciona

O Edital de Inovação para a Indústria é uma iniciativa do SENAI, do Sebrae e do Serviço Social da Indústria (SESI). Desde que foi criado, em 2004, ajudou mais de 800 empresas a serem competitivas por meio de novos produtos e processos inovadores.

As chamadas funcionam da seguinte maneira: grandes empresas fazem parceria com o SENAI, Sebrae e SESI para abrir a chamada e atrair startups interessadas em resolver desafios propostos. As grandes empresas financiam parte dos projetos, a outra parte é financiada por SENAI, SESI e Sebrae. O SENAI disponibiliza ainda laboratórios e centros de inovação para a execução dos projetos.

Sorvete especial reduz efeitos colaterais em pacientes que fazem quimioterapia

A ideia é levar esse complemento alimentar para todos os pacientes internados ou em tratamento domiciliar

Pesquisadores do Hospital Universitário da Universidade Federal de Santa Catarina (HU-UFSC), vinculado à Rede Ebserh, desenvolveram um sorvete especialmente para pacientes em tratamento oncológico. O produto ajuda a reduzir os efeitos colaterais da quimioterapia em pacientes com câncer e funciona como um complemento alimentar.

O complemento alimentar foi consumido por provadores sem câncer e por pacientes em tratamento de quimioterapia. A pesquisa foi transformada em artigo científico e publicada no Journal of Culinary Science & Technology. "Por ser gelado, ele ajuda a anestesiar a cavidade bucal, que é uma das consequências do tratamento, que são as mucosites, sapinhos, enfim, que tanto dificultam a ingestão alimentar", disse a professora Raquel Salles, do Departamento de Nutrição da UFSC, uma das nutricionistas responsáveis pela pesquisa.

O sorvete é também fonte proteína de alto valor biológico, fonte de fibra, livre de gordura trans, sem lactose e sem glúten, com alto valor calórico. E foi feito em parceria com uma indústria catarinense – YPY Sorvestes Premium, que desenvolveu o produto em escala comercial em três sabores: limão, morango e chocolate. 

A médica da equipe de hematologia do HU, Giovana Steffenello, explicou que o paciente que está em tratamento tem alteração no paladar e passa por dificuldades para se alimentar. Por isso, o sorvete, por ser de boa aceitação, ajuda a amenizar os problemas no tratamento. “O paciente também sente bastante náuseas, às vezes até o cheiro da comida pode incomodar", afirmou.

Os dados científicos mostram os bons resultados e a aceitação do sorvete, mas o que mais comprova esta realidade é o depoimento de pacientes, como Carolina Martins, que faz tratamento no HU por conta de um linfoma e conheceu o produto. “O sorvete é delicioso e minimiza os efeitos da quimioterapia”, disse Carol, que recebe as orientações das nutricionistas

A ideia é levar esse complemento alimentar para todos os pacientes internados ou em tratamento domiciliar, que tenham necessidades nutricionais que requeiram aumentar o valor calórico e proteico na dieta. Tem a vantagem por ser um alimento que faz parte do repertório alimentar das pessoas em todas as faixas etárias, é nutritivo e saudável, além de respeitar os hábitos alimentares dos indivíduos já tão fragilizados, tanto do ponto de vista biológico como emocional.

Com informações do HU-UFSC e Ministério da Saúde

Presidente assina medida provisória para combater fraudes no INSS

Medida provisória assinada na sexta-feira,18. pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, deve gerar uma economia de aproximadamente R$ 9,8 bilhões com ações antifraude e alterações nas regras para acesso a benefícios

Entre as principais mudanças estão as regras de auxílio-reclusão, pensão por morte, aposentadoria rural, além da criação de um sistema de pente-fino para detectar irregularidades na concessão destes benefícios. 

O texto da medida provisória prevê novos prazos e carências para receber alguns dos benefícios, além de exigir comprovações documentais e a participação em cadastros específicos. Também cria um sistema para analisar e revisar benefícios.

sábado, 19 de janeiro de 2019

Conselheiro Paulino recebe Festival de Folia de Reis

Nova Friburgo terá um fim de semana dedicado a uma das maiores festas da cultura popular brasileira. O distrito de Conselheiro Paulino recebe o Festival de Folia de Reis neste no sábado, 19, a partir das 18h, e no domingo, 20, das 9h às 22h. Mais de 20 grupos se apresentarão no Presépio montado na Praça Lafayete Bravo.

O festival acontece anualmente há aproximadamente meio século e, neste ano, a expectativa é que seja um dos maiores de todos os tempos, tendo em vista a participação de nove dos maiores e principais grupos oriundos de outras cidades da região, como Cordeiro, Macuco, Duas Barras, Bom Jardim e Trajano de Moraes. 

A programação inclui ainda uma homenagem, no domingo, ao Mestre Horizonte, um dos principais incentivadores desta tradição, que faleceu no final do ano passado.

LBV de Nova Friburgo abre vagas para atividades gratuitas com idosos, crianças e adolescentes

O Centro Comunitário da Legião da Boa Vontade (LBV) em Nova Friburgo/RJ está com inscrições abertas para o programa: Vida Plena, que colabora para a inserção sociocultural e o fortalecimento da cidadania de idosos a partir dos 60 anos, por meio da construção de vínculos interpessoais, intergeracionais e familiares.

Dentro do programa Vida Plena, a Instituição atende idosas, oferecendo, gratuitamente, oficina de artesanatos, de forró, de canto, de cidadania ecumênica palestras, passeios entre outros. As atividades acontecem às segundas e quartas-feiras, na parte da manhã.

O programa: “Criança – Futuro no Presente! ”, tem 10 vagas e oferece oficina de informática, atividades lúdicas, educativas, culturais, esportivas, canto coral, violão, flauta doce, ballet, futsal, teatro, desenho entre outros no período inverso ao escolar, para crianças de 6 a 15 anos, integrantes de famílias de baixa renda, auxiliando pais e responsáveis que não têm onde deixar os filhos. As atividades acontecem de segunda a sexta-feira, nos períodos da manhã e da tarde.

Ao promover a inclusão social e a melhoria da qualidade de vida dos atendidos, além de conceder oportunidades e condições de exercer a cidadania plena, a LBV auxilia para a melhoria da autoestima deles.

Em Nova Friburgo, o Centro Comunitário de Assistência Social da LBV, está localizado na Rua Antônio Thurler, 04 - Olaria. Informações, ligue: (21) 2522-5078.

Prefeitura quer saber a opinião da população sobre a nova concessão do transporte público

A prefeitura de Nova Friburgo está aceitando sugestões a respeito da consulta pública sobre a nova concessão do transporte público da cidade. Para tanto, o friburguense deverá acessar o link a seguir: http://novafriburgo.rj.gov.br/transporte-publico , preencher seus dados e deixar a sua opinião sobre o tema que, segundo a prefeitura, será apreciada mensagem por mensagem.

sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

Na lista do FBI, morador de Friburgo é um dos maiores distribuidores de pornografia infantil do mundo pela Internet

Apesar de prisão ter sido feita ano passado, só agora a Justiça levantou o sigilo do caso

Em um bairro pacato de Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio de Janeiro, foi preso um dos maiores distribuidores de pornografia infantil do mundo pela Internet, o militar da reserva Jorge R, 67. Ele morava sozinho e prestava serviços em sua residência como analista de informática.

De acordo com levantamento do FBI, a polícia norte-americana, ele está entre os 100 maiores distribuidores de arquivos exclusivos deste tipo de conteúdo por redes P2P, que é redes ponto a ponto. O criminoso possuía um acervo de 700 mil fotos armazenados em seus computadores apreendidos em outubro do ano passado, quando ocorreu a operação da Polícia Federal.

No mesmo mês, o MPF denunciou Jorge pelos crimes previstos nos artigos 241-A e 241-B da Lei 8.069/90, que é oferecer, trocar, disponibilizar, transmitir, distribuir, publicar ou divulgar conteúdo de cena de sexo explícito ou pornografia que envolva criança ou adolescente. Pelos crimes cometidos, ele pode ser condenado até 6 anos de prisão.

Em julgamento de habeas corpus, no fim do ano passado, o Tribunal Regional Federal da 2ª Região negou o pedido do réu por considerar o perigo de Jorge ser solto, pois além de integrar a lista dos 100 maiores do FBI, ele chegou a desenvolver um software para catalogar seus arquivos, utilizando como parâmetro a idade das crianças vítimas.

Em seu interrogatório à Polícia Federal, após a prisão, Jorge explicou que desenvolveu o software em virtude de seu interesse, da frequência e da quantidade de arquivos pedopornográficos que baixava do Dreamule, já que a ferramenta organizava automaticamente os arquivos.