quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Movimento dos Médicos em Nova Friburgo cresce e ganha adesões

Os Médicos da Maternidade e do Hospital Raul Sertã iniciaram o movimento contra o desconto, que consideram abusivo e repentino, de até quase 30% nos salários de Outubro. Já há reuniões agendadas com representantes do Sindicato dos Médicos, do CREMERJ e com advogados trabalhistas. O movimento ganhou o apoio da Sociedade Médica de Nova Friburgo e dos vereadores Professor Pierre e Ceará,  que protocolaram petições no Ministério Publico, contra o desconto nos salários. 


Apesar do atendimento estar ainda normal, os médicos estão utilizando faixas pretas nos jalecos para conscientizar a população.

Prefeito, não permita que a população seja ainda mais penalizada! Se os profissionais pararem será o caos total na saúde do município. 

2 comentários:

Paulo Herdy disse...

Parabéns aos vereadores acima pela atitude de apoiar esses profissionais da saúde.

Maristela Soares disse...

Só apoiar não basta, temos que ver resultados !!