quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Michel Temer toma posse na Presidência da República

Após aprovação do impeachment de Dilma nesta quarta-feira, 31, Michel Temer foi empossado definitivamente na Presidência da República, por volta das 16h40 no Plenário do Senado, em uma cerimônia que durou 13 minutos.

Temer foi recebido em sessão solene do Congresso Nacional pelos presidentes do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e do Congresso Nacional, Renan Calheiros, além de parlamentares e ministros de Estado.

Após a execução do Hino Nacional pela Banda dos Fuzileiros Navais, Temer prestou juramento, em que se prometeu “manter, defender e cumprir a Constituição, observar as leis, promover o bem geral do povo brasileiro e sustentar a união, integridade e independência do Brasil”.


Em seguida, o presidente do Senado, Renan Calheiros, que preside a Mesa do Congresso, declarou o peemedebista empossado para o período de 31 de agosto de 2016 a 31 de dezembro de 2018. 

Por fim, o primeiro secretário da mesa do Congresso Nacional, deputado Beto Mansur, leu o termo de posse, que foi assinado por Temer e pelos membros da mesa. 

Senado aprova o impeachment de Dilma por 61 votos a 20

O Plenário aprovou a perda do cargo de presidente da República de Dilma Rousseff. Foram 61 votos a favor e 20 contra. Todos os 81 senadores votaram. Eram necessários os votos de 54 senadores (dois terços) para que ela fosse afastada em definitivo.

Ao votar pelo impeachment, a maioria dos senadores entendeu que Dilma  descumpriu a Constituição e a Lei de Responsabilidade Fiscal por ter editado decretos suplementares sem o aval do Congresso e por ter repassado com atraso recursos do Tesouro para o Banco do Brasil pagar a equalização dos juros do Plano Safra.


 Como partiu da base aliada de Dilma o pedido de separar em duas a votação do impeachment, mantendo, ao menos, seus direitos políticos e a habilitação para ocupar cargos públicos, na 2ª votação, os senadores decidiram por 42 votos a favor, 36  contra e 3 abstenções, que Dilma poderá exercer função pública.


Michel Temer toma posse, em definitivo, ao cargo de Presidente da República, na tarde de hoje.

Votar nulo pode anular eleição?

Votar nulo pode anular eleição? Voto em branco vai para quem está ganhando? Para esclarecer esses e outros boatos que costumam circular em época de eleição, o TRE do Rio de Janeiro lançou a campanha #MitosEleitorais. 

Mito nº 1 - Se mais de 50% dos votos forem nulos, a eleição é anulada

FALSO

Como apenas os votos válidos são considerados na contagem final, se a maioria dos eleitores votar nulo, todos esses votos serão descartados e ganhará o candidato com o maior número de votos válidos.

Mesmo se mais de 50% dos eleitores votarem nulo, a eleição não é anulada. A confusão ocorre devido a uma interpretação equivocada do art. 224 do Código Eleitoral. A "nulidade" a que a legislação se refere diz respeito a votos tornados nulos por decisão judicial (devido à prática de abuso de poder político, por exemplo):


"Art. 224. Se a nulidade atingir a mais de metade dos votos do país nas eleições presidenciais, do Estado nas eleições federais e estaduais ou do município nas eleições municipais, julgar-se-ão prejudicadas as demais votações e o Tribunal marcará dia para nova eleição dentro do prazo de 20 (vinte) a 40 (quarenta) dias."

Confira o vídeo:

video

Junta do Serviço Militar de Nova Friburgo realiza solenidade de compromisso à bandeira

A Junta do Serviço Militar de Nova Friburgo vai realizar a solenidade de compromisso à Bandeira Nacional e entrega de certificado de dispensa de incorporação para os jovens dispensados do serviço militar em 2016 no  dia 1º de setembro, às 9h, na quadra coberta do Friburguense Atlético Clube, em Olaria.

A promoção é do Ministério da Defesa, através do Exército Brasileiro, 2ª Circunscrição de Serviço Militar e 4ª Delegacia de Serviço Militar, que funciona na Avenida Alberto Braune, 223, no Centro.

Roda de conversa aborda saúde das mulheres lésbicas e bissexuais

O Centro de Cidadania LGBT Serrana – Hanna Suzart, promoveu na última sexta-feira, 26, uma roda de conversa sobre a saúde das mulheres lésbicas e bissexuais. O encontro contou com a presença da ativista, vice-presidente do Grupo Arco-Íris e secretária da Igualdade Racial da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais, Marcelle Esteves, que proferiu uma palestra para o grupo participante do bate-papo.


As mulheres lésbicas não recebem um atendimento diferenciado na rede de saúde. Quando elas precisam passar por consultas ou exames ginecológicos, dificilmente elas são indagadas sobre a opção sexual. Ou seja, são poucos os profissionais que dão este tipo de abertura para o diálogo com as pacientes lésbicas e bissexuais. Muitas se sentem constrangidas e acabam não recebendo o atendimento adequado, pois existe uma especificidade dentro destas populações. Por isso estamos trazendo à tona este assunto em uma roda de conversa” – destacou Sílvia Furtado, coordenadora do Centro de Cidadania LGBT.

A roda de conversa foi uma iniciativa do Centro de Cidadania LGBT de Nova Friburgo alusiva ao Dia Nacional da Visibilidade Lésbica, celebrado nacionalmente no dia 29 de agosto. A data foi criada por ativistas lésbicas brasileiras, dedicada ao dia em que aconteceu o 1º Seminário Nacional de Lésbicas – SENALE, realizado em 1996, no Rio de Janeiro.

Outra ação em Nova Friburgo serviu para marcar a data. Na segunda-feira, 29, um ato público, organizado pelo Coletivo Feminista de Nova Friburgo e com o apoio da Centro de Cidadania LGBT, aconteceu no centro da cidade, em frente ao IENF. Foram entregues materiais informativos, visando o fortalecimento da luta por respeito, direitos e visibilidade das mulheres lésbicas, bissexuais e trans.

Ecoponto de Cordeiro recolhe mais de 4 mil quilos de material reciclável

O Ecoponto, projeto de coleta seletiva de resíduos sólidos urbanos da Secretaria de Meio Ambiente de Cordeiro, chega aos seis meses de funcionamento. Inaugurado em fevereiro, já coletou 4.224,18 kg de materiais recicláveis, sendo 2.643,56 kg de papéis, 1.100,10 kg de plásticos e 480,52 kg de metais.

O Secretário Paulo Araujo informa que está muito satisfeito com a execução do projeto e a adesão da população também é satisfatória: “Atualmente, 135 pessoas participam do projeto e realizam a entrega dos seus resíduos. A previsão é de que o número de pessoas vá aumentando e com isso a quantidade de resíduos que são retirados da lata do lixo também”.

O prefeito Leandro Monteiro destacou o benefício do projeto para o ICMS Verde: “Ele irá refletir no aumento dos índices do ICMS Verde para o ano de 2017, o que irá gerar mais recursos a serem repassados pelo estado ao município”.

O projeto incentiva a coleta seletiva através da troca desse material por descontos na conta de energia elétrica. Para participar basta procurar o Ecoponto, na Avenida Presidente Vargas, em frente ao Parque de Exposições, levando seu lixo reciclável, já separado por tipo, e fazer um cadastro. Os resíduos serão pesados, o valor do bônus será calculado e emitido um comprovante.

Mostra SENAI apresenta a criatividade dos alunos para solucionar problemas da indústria

Tijolos de vidro triturado, divisórias de papelão compactado, máquina de costura adaptada para deficientes físicos são alguns exemplos. No evento, a comunidade pode até competir em uma corrida de robôs de Lego. A participação é gratuita

Quem visitar a Mostra SENAI de Projetos Integradores vai ter acesso à tecnologia de ponta, fruto da criatividade dos estudantes para solucionar problemas reais da indústria no estado. O evento começou nesta terça (30) e apresenta as soluções criadas pelos alunos a partir do #MandaProSENAI. Através do projeto, os estudantes da instituição receberam pedidos do empresariado industrial de todo estado que buscavam resolver desafios que envolviam processos e maquinários das suas empresas – relacionados, de alguma forma, ao universo metalmecânico. O resultado é impressionante e está aberto à visitação da comunidade até a quinta-feira, 1º de setembro.

O Projeto Integrador envolve alunos de diferentes áreas de conhecimento. E foi isso que enriqueceu as propostas. Com auxílio dos professores e após visitas às indústrias envolvidas no projeto, os estudantes solucionaram cada uma das questões apresentadas. Um dos grupos chegou a oferecer cinco maneiras diferentes para resolver o mesmo problema. Na mostra, os visitantes poderão conhecer de perto essas soluções, apresentadas em protótipos e desenhos em 3D.

O presidente do Sindvest (Sindicato das Indústrias do Vestuário de Nova Friburgo e Região), Marcelo Porto, foi conferir, entre outros trabalhos, um que agiliza a forma como etiquetas metálicas são colocadas nas peças de lingerie. Isso sem oferecer perigo ao profissional e danificar os tecidos. Segundo o empresário, envolver os alunos em demandas reais da indústria é uma forma de contextualizá-los com o mercado de trabalho, valorizando o esforço e incentivando esses estudantes a permanecerem em constante aperfeiçoamento. Um trabalho completo de integração entre indústria e aprendizado. “O SENAI tem que formar mão de obra técnica, mas também o capital intelectual para a indústria. Só dessa maneira vamos fortalecer o potencial de crescimento não só do polo, mas de todo país frente a outros mercados”, completa.

A programação da mostra é interativa. A comunidade pode desde competir em uma corrida com o Lego Mindstorm - que são como robôs feitos dos bloquinhos tão amados pelas crianças, até participar oficinas com temas que incluem: Design Thinking, Games para administração, Ferramentas computacionais para modelagem 3D e Criação e Customização para Moda. O evento também inclui palestras sobre CLP (Controladores Lógicos Programáveis), NR -12 Conceitos relacionados a Segurança de Máquinas, Calibração e Instrumentação entre outros temas. Tudo isso com participação gratuita.

O SENAI Nova Friburgo está localizado na Rua Pfto. José Eugênio Muller, número 220, no Centro da cidade. Para participar das oficinas e palestras gratuitas, os interessados podem se inscrever através do site www.cursosenairio.com.br/mostrasenai, onde está disponível a programação completa de cada SENAI. Mais informações também podem ser obtidas através do 0800 0231 231.

Conheça os projetos

3R Ecoblocos: processo de reaproveitamento de resíduos de vidro provenientes de diversas fontes – de vidraçarias, empresas distribuidoras e processadoras de vidros para a fabricação de artefatos (tijolos, pisos).

Cravação Automática: prensa automatizada para aumentar a produtividade e qualidade nos processos de cravação de palheta em cilindro de fechadura da construção civil, de acordo com as normas.

Kit para montagem de cilindro de fechadura: dispositivo de armazenagem de molas e contra pinos para a montagem de tambores para cilindros de fechaduras, facilitando a introdução de molas e contra pinos dentro do tambor. O kit trará maior agilidade no processo de produção, evitando o esforço repetitivo do colaborador, com baixo custo de fabricação.

Etiquetizando: estudo e confecção de gabaritos para colocação de etiquetas metálicas em peças de lingerie em máquinas de costura travete.

Elas Ecomodas: Preservando: o projeto inclui estudo e implantação de um berçário 100% sustentável para plantio de mudas da mata atlântica no Parque Municipal de Nova Friburgo, utilizando o lixo têxtil e resíduos, como pneus e engradados de bebidas inutilizados.



ReVest: o projeto ReVest visa reaproveitar resíduos sólidos (tubetes de papelão) que serão triturados e transformados em novos produtos com valor econômico e ambiental, podendo ter diversas aplicações (placas de revestimento, telhas, forros, pisos, etc.).

Mesa rotacional para montagem de cilindro: mesa giratória rotacional de 0° a 90° no sentido horário e anti-horário, para facilitar a montagem de guinchos, aumentando a produtividade, diminuindo os riscos de acidentes e atendendo aos requisitos da NR 17 e NR 12. O produto assegura a montagem dos elementos mecânicos do guincho, de forma ergonômica oferecendo conforto ao colaborador e garantindo a uniformidade da montagem do equipamento, com a redução do esforço físico. Desta forma a empresa proporcionará um maior grau de satisfação aos seus colaboradores.

Barter - A sua ponte entre o confeccionista e o profissional da moda: a plataforma BARTER é um aplicativo para empresários, costureiras, faccionistas, modelistas, mecânicos de máquina de costura , vitrinistas, técnicos do vestuário e profissionais autônomos. Ele sana as dificuldades da venda de produtos em estoque, localiza profissionais de forma rápida e faz a divulgação de eventos. A plataforma tem como objetivo fazer a ponte entre áreas distintas da moda que buscam serviços e insumos com custos reduzidos (Ponta de Estoque).

Siproma - Sistema de proteção para máquinas abertas: o projeto SIPROMA consiste em uma proteção modular individual para máquinas contendo os requisitos necessários para cumprir as exigências da norma NR12. A ideia visa proteger colaboradores contra acidentes com as partes móveis de máquinas, contra a projeção de partículas. Também terá um dispositivo de recirculação do líquido refrigerante, além da diminuição de ruídos.

Dispositivo para adequação da oxiplasma à NR12: dispositivo abafador de ruído e fumos metálicos para máquinas oxicorte a CNC, para a adequação à NR 12.

Aglomerador de etiquetas: desenvolvimento de um dispositivo que irá soldar as etiquetas com composições químicas diferentes (poliéster , algodão, poliamida) facilitando e agilizando o processo produtivo.

Ensaio dinâmico para guinchos hidráulicos: construção de projeto/protótipo virtual de máquina de ensaio de tração para teste de guinchos no sentido longitudinal, para atender aos requisitos de teste e qualidade de ensaios mecânicos conforme exigência legal.


Mais informações -> Clique aqui

Produtores rurais de Lumiar participam de palestra gratuita sobre Certificação Orgânica

Produtores rurais de Lumiar, distrito de Nova Friburgo participarão nesta quarta-feira, 31, de palestra gratuita sobre “Tipos de Certificação Orgânica”. A iniciativa, que faz parte do programa “Sebrae Orgânico” tem como objetivo explicar os conceitos sobre Produção Orgânica, além de conscientizar os participantes sobre as diferentes formas de obterem a certificação de suas atividades para ampliar atuação no mercado.

Segundo a analista do Escritório Regional Serrana I do Sebrae/RJ, Márcia Moreira, a intenção é apoiar os produtores rurais para facilitar a superação dos desafios nesta modalidade de cultivo. “Queremos fortalecer a produção orgânica na região, porque há uma vocação local para esse tipo de atividade. Além disso, a aquisição de informações sobre os tipos de certificação e as maneiras de como se certificar, encurtam caminhos que antes pareciam difíceis e contribuem de forma positiva na mudança da relação desses agricultores com o mercado e seus consumidores”, ressalta.

Na palestra, os participantes vão adquirir conhecimentos sobre: Certificação por Auditora, Sistema Participativo de Garantia (SPG) e Organismo de Controle Social (OCS).

O programa “Sebrae Orgânico” oferece meios para que os produtores rurais obtenham a profissionalização de sua gestão, a legalização de suas atividades, a certificação de seus produtos, além de apoio à comercialização dos produtos e incentivo à adesão desses agricultores em técnicas baseadas em desenvolvimento tecnológico.

A palestra “Tipos de Certificação Orgânica” acontece nesta quarta-feira (31/08), às 14h, na sede da Ação Rural em Lumiar, localizada na Rua Sete de Setembro, 126 – Loja 1B. Mais informações pelo telefone: (22) 2542-4491 (Acianf).

O que é Produção Orgânica

De acordo com o Ministério da Agricultura, é considerada orgânica a produção agropecuária que adota técnicas específicas, como otimização dos recursos naturais, diminuição na utilização de energias não-renováveis e a eliminação do uso de qualquer organismo geneticamente modificado durante o processo produtivo. Além disso, para ser considerado orgânico, o produto deve ser certificado.

Além de contribuir para a preservação do meio ambiente, uma produção orgânica traz benefícios econômicos ao produtor, que pode usufruir de programas de agricultura sustentável além de agregar valor aos seus produtos.

Atualmente, a legislação brasileira permite que o produtor seja qualificado como orgânico de três diferentes maneiras:

Controle social na venda direta (OCS) - Específico para agricultura familiar. O produtor precisa se cadastrar em uma organização de controle social credenciada por um órgão fiscalizador oficial. Os agricultores passam a fazer parte do Cadastro Nacional de Produtores Orgânicos e podem comercializar os produtos diretamente, em lugares como feiras, sem a necessidade de um selo. 

Sistema Participativo de Garantia (SPG) - Quem deseja uma certificação ainda pode recorrer ao sistema de participação. Nesse caso, a verificação é feitar por uma associação de produtores, consumidores, técnicos e demais interessados.

Certificação por auditoria - Outra maneira de conseguir o selo de orgânico é contratando uma empresa especializada. As certificadoras precisam estar regularizadas no Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) e no Ministério da Agricultura para realizar esse trabalho

terça-feira, 30 de agosto de 2016

Sebrae/RJ desenvolve programa Arquiteto Empreendedor

Empresários e profissionais dos ramos da Arquitetura, Urbanismo e Engenharia da Região Serrana terão a oportunidade de aprimorar suas técnicas de gerenciamento, através do programa “Arquiteto Empreendedor”, que será lançado no dia 31 de agosto, em Nova Friburgo. A iniciativa é do Escritório Regional Serrana I do Sebrae/RJ em parceria com a Associação de Engenheiros e Arquitetos de Nova Friburgo (AEANF). As inscrições já estão abertas.

Além de ter o objetivo de apoiar o potencial empreendedor de arquitetos, urbanistas e engenheiros, o programa visa dar suporte e capacitação aos profissionais através de temas relacionados à gestão como: Planejamento, Finanças, Tributação, Legalização de Empresas, Estratégia Empresarial, tanto para pessoas físicas quanto jurídicas.

O programa conta com 36 horas de curso presencial para os participantes, além de quatro horas de consultoria individual.

De acordo com o analista do Sebrae/RJ em Nova Friburgo, Tiago Schott, grande parte dos negócios dos segmentos de Arquitetura e Urbanismo fecham suas portas, não por falta de competência técnica e/ou profissional, mas sim, por desconhecimento de informações no âmbito administrativo. “A arquitetura e o Urbanismo são dois segmentos de mercado muito em voga nos dias de hoje, mas muitos profissionais/empreendedores do ramo têm encontrado dificuldades de manter suas empresas, pelo fato do mercado exigir, além de talento e criatividade, informações e preparo para alcançar a viabilidade e encontrar as melhores soluções nos negócios. De modo geral, os números mostram que muitos escritórios e empresas fecham menos de dois anos depois de iniciarem suas atividades. Para que isso não aconteça, é importante que os profissionais do setor obtenham conhecimentos sobre planejamento e organização, para estarem capacitados e confiantes para traçarem metas e objetivos”, explica.

Cadastro para prestação de serviços

Durante evento de apresentação do projeto “Arquiteto Empreendedor”, também será apresentada uma oportunidade de ampliação de mercado para os profissionais participantes que desejam prestar serviço ao Sebrae através do programa Sebraetec, que consiste na aproximação entre prestadores de serviço de várias áreas e os Pequenos Negócios.

O Sebraetec é o meio ideal para proporcionar que profissionais tecnicamente qualificados tenham maior possibilidade de se projetar no mercado através da prestação de seus serviços, ao mesmo tempo em que clientes do Sebrae tenham acesso práticas inovadoras junto a profissionais que possibilitem a melhoria dos processos e produtos nas empresas. 

O lançamento do “Arquiteto Empreendedor” terá início às 18h30 e será realizado no Hotel Fabris, que fica na Avenida Alberto Braune, 148 – Centro / Nova Friburgo.

Os interessados em participar podem entrar em contato pelo telefone: (22) 2523-6908, ou através do email: lucas.paiva@rj.sebrae.com.br

Balcão de Empregos da Prefeitura

 Para atendimento ao público, o Balcão de Empregos funciona de segunda a sexta, das 9 às 16h, na antiga Rodoviária Leopoldina, prédio localizado ao lado da Prefeitura

Para homens

. cozinheiro de comida japonesa (parte quente); 
. mecânico de caminhão; 
. motorista de caminhão de reboque (CNH categoria C, D ou E); 
. instalador de acessórios e insulfilm (alarme, sensor de ré, rádio, etc) – com ensino médio completo; .cortador de lingerie, rebobinador (rebobinamento de motor elétrico); 
. pedreiro (deve saber trabalhar com parte elétrica); consultor de vendas (necessário ter CNH categoria A); 
. pizzaiolo; 
. pedreiro.

Para mulheres

. costureira de overloque e colarete (Alto de Olaria); 
. costureira para máquina reta e Colarete (Nova Suíça); 
. orientadora de produção (que saiba orientar as costureiras e distribuir serviços); 
. vendedora; 
. empregada doméstica (para trabalhar na Estrada Friburgo-Lumiar e dormir no local);
.  camareira profissional (com carta de referência).

Ambos os Sexos

. banho e tosa (com certificado); 
. marketing e e-commerce (deve possuir nível superior em marketing); 
. caseiros (Deve saber cuidar de grande quantidade de cães. Pode ter apenas um filho, desde que maior de 14 anos).

Prefeitura de Cordeiro recupera ponte na APA Mata do Posto

Neste mês de agosto, a Secretaria de Agricultura de Cordeiro realizou serviços emergenciais nas proximidades da Área de Preservação Ambiental (APA) Mata do Posto, para reconstruir uma ponte que estava com as manilhas quebradas, o que fez com que a servidão cedesse e a passagem da água do córrego fosse obstruída, causando transtornos aos moradores do local.

O secretário interino de Agricultura, Paulo Araujo, relatou que o reparo foi um atendimento ao diretor do Parque de Exposições Raul Veiga, Ozemy Cavalcante. Paulo Araujo reafirmou que é de fundamental importância a parceria entre a Emater-RJ e a Prefeitura de Cordeiro para a preservação da APA Mata do Posto.

Mostra SENAI de Projetos Integradores


A partir desta terça-feira, por três dias consecutivos (30/08, 31/08 e 01/09) o SENAI Nova Friburgo inicia um ciclo de palestras, oficinas e exposições gratuitas sobre tecnologia na educação profissional atrelada ao universo da indústria. A ideia é debater tendências tecnológicas e mostrar como estudantes e empresas podem aproveitá-las para o desenvolvimento de projetos que tragam melhorias para mundo do trabalho. A comunidade está convidada a participar.

A “Mostra SENAI de Projetos Integradores” terá oficinas sobre temas como Design Thinking, Games, Ferramentas computacionais para modelagem 3D, Lego Midstorm e Criação e Customização para Moda. Já as palestras serão sobre CLP (Controladores Lógicos Programáveis), NR -12 Conceitos relacionados a Segurança de Máquinas, Calibração e Instrumentação entre outros temas.

O SENAI Nova Friburgo está localizado na Rua Pfto. José Eugênio Muller, número 220, no Centro da cidade. Para participar das oficinas e palestras gratuitas, os interessados podem se inscrever através do site www.cursosenairio.com.br/mostrasenai, onde está disponível a programação completa de cada SENAI. Mais informações também podem ser obtidas através do 0800 0231 231.

PROJETOS PARA A INDÚSTRIA - A criatividade dos estudantes do SENAI na solução de problemas também poderá ser observada durante a Mostra. Em todas as unidades, os alunos vão expor seus projetos integradores, pensados para atender às necessidades da indústria. As exposições terão protótipos e maquetes virtuais das soluções propostas pelos jovens.

Em Nova Friburgo, o SENAI vai apresentar projetos feitos por estudantes em parceria com empresários fluminenses. Através da iniciativa #MandaProSenai, os industriais enviaram aos alunos desafios reais de suas empresas, no início de 2016. Agora, os jovens entregam suas soluções, dentre elas: equipamentos que dão mais segurança ao trabalhador, dispositivos que diminuem o tempo de processos e ampliam a capacidade de produção, softwares de manutenção, automação de processos que evitam paradas de produção e queima de materiais.