segunda-feira, 27 de junho de 2016

Primeira fase das obras de modernização do CTU será aberta dia 30 de junho

A primeira fase da obra de modernização do Centro de Tratamento de Urgência (CTU) do Hospital Municipal Raul Sertã teve parte de suas obras concluídas e no dia 30 de junho será aberta para a população.

A obra de modernização na infraestrutura visa atender as atuais demandas e solicitações da Vigilância Sanitária, além das diretrizes de Saúde Nacional. Entre outras adequações que irão melhorar o setor de atendimento de urgência do hospital, está prevista a implantação do protocolo de classificação de riscos, que consiste na criação das salas “amarela” e “vermelha”, que irão melhorar o setor de atendimento de urgência do hospital.

O novo sistema proporcionará uma rede organizada de atenção às urgências com o encaminhamento para a Sala Vermelha dos casos de emergência, com risco de perda de vida, ou seja, com necessidade de atendimento imediato. Na Sala Amarela serão priorizados os casos urgentes, em que as condições podem se agravar sem o devido atendimento.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Rafael Tavares Garcia, as obras são fundamentais e proporcionarão a todos os friburguenses um melhor atendimento e um melhor setor de urgência. “Toda obra ou reforma gera transtornos e neste sentido pedimos mais uma vez a compreensão e cooperação de todos.”

Lâmpadas incandescentes saem do mercado no fim do mês

A partir do dia 30 de junho, as lâmpadas incandescentes saem de circulação no País. A regra vale para importação e comercialização das lâmpadas incandescentes de uso geral em território brasileiro e visa elevar o comércio de modelos mais eficiente.

Segundo dados da ONU, a substituição das lâmpadas incandescentes no mercado é capaz de economizar anualmente cerca de 5% de toda a energia elétrica utilizada no mundo. Uma lâmpada fluorescente compacta, comparada a uma lâmpada incandescente de luminosidade equivalente, economiza 75%. E se a opção for por uma lâmpada de LED, essa economia sobe para 85%.

A proibição da venda das lâmpadas incandescentes no País ajuda a estimular a adoção de opções mais econômicas e duráveis, como o LED, já adotado amplamente em outros países

Via Portal Brasil com informações do Ministério de Minas e Energia

Sebrae promove palestra com especialista em Moda, André Carvalhal, fundador do espaço ‘Malha’

Uma semana antes da abertura da 26ª edição da Feira Brasileira de Moda Íntima, Praia, Fitness e Matéria-prima (Fevest Festival 2016), o Sebrae irá promover em Nova Friburgo palestra gratuita com André Carvalhal, um dos rostos mais conhecidos da moda carioca e co-criador da “Malha”, espaço inaugurado em 2015, que desenvolve ações utilizando o conceito de trabalho conhecido como Coworking. O evento acontecerá no dia 30 de junho (quinta-feira), às 19h, no Senai Moda. 

O tema da palestra é: “A Nova Era da Moda – A experiência da ‘Malha’ com o Coworking”, em que Carvalhal vai abordar sua experiência com esse sistema, que consiste na união de um grupo de pessoas que trabalham de forma independente, mas compartilham valores e buscam sinergia em prol de um objetivo comum dentro de um mesmo espaço de atuação, gerando troca de ideias e experiências.

De acordo com a analista do Escritório Regional Serrana I do Sebrae/RJ, Lívia Bon, o objetivo da palestra é oferecer a empresários, profissionais e estudantes de Moda informações sobre novos conceitos de trabalho, que podem contribuir ainda mais para o fortalecimento e desenvolvimento do setor na região. “Nesta palestra que faz parte do aquecimento para a realização da Fevest 2016, André Carvalhal, um dos nomes mais proeminentes da Moda, irá compartilhar com os participantes, informações que vão contribuir para a elaboração de novas ideias e conceitos de trabalho, em um setor que exige tanta dedicação e criatividade. O objetivo é contribuir para o fortalecimento da atuação de empresários, profissionais e estudantes de Moda, além de estimular a elaboração de novos projetos e iniciativas na região”, destaca.

A palestra “A Nova Era da Moda – A experiência da ‘Malha’ com o Coworking” acontece no dia 30 de junho, às 19 horas, no Senai Moda, que fica na Avenida Conselheiro Julius Arp, 85, Centro de Nova Friburgo. As inscrições poderão ser feitas através dos telefones (22) 2523-6908 ou 0800-570-0800 ou pelo site:
O que é a ‘Malha’

A “Malha”, localizada no bairro de São Cristovão, no Rio de janeiro, fica em um galpão de aproximadamente 2 mil metros quadrados com 30 salas para escritórios, 60 pontos de trabalho individual, áreas de encontro, maquinário para produção, laboratório de inovação, escola e estúdio de fotografia reunindo todo o ecossistema da Moda em uma mesma plataforma.

Ela surge como local próprio para estilistas, artistas, designers, jornalistas, fotógrafos e diversos profissionais discutirem, produzirem e comercializarem a moda contemporânea pelo sistema de Coworking e de Cosewing (dividir uma mesma fábrica).

Através da “Malha”, André Carvalhal pretende alavancar pequenas marcas que poderão usufruir de uma rede composta por vários profissionais que podem formar parcerias, ter acesso a tecnologias como impressoras 3D e estúdio de foto, por exemplo.

Fevest

A 26ª Feira Brasileira de Moda Íntima, Praia, Fitness e Matéria-prima (Fevest Festival) acontecerá entre os dias 6 e 10 de julho, das 13h às 20h, no Nova Friburgo Country Clube, em uma área com aproximadamente 12 mil metros quadrados, onde estarão posicionados cerca de cem estandes. No espaço do evento haverá desfiles, workshops, mostras e muitas novidades.


O grande diferencial para esta edição é que serão realizadas duas feiras, possibilitando também a compra a varejo de produtos colocados à venda pelos expositores. Nos dias 6, 7 e 8 (quarta, quinta e sexta-feira), será a feira voltada para os negócios e recebendo compradores nacionais e internacionais. Já nos dias 9 e 10 (sábado e domingo), uma feira aberta ao público em geral, para vendas no varejo. 

O Sebrae de Nova Friburgo irá dispor de um espaço multisetorial, onde as principais potencialidades econômicas da região serão divulgadas ao público presente. Os setores de truticultura, cafés especiais, morango, chocolate, turismo, cervejas artesanais, cachaça, moda e metal mecânico, dividirão este espaço e apresentarão os seus produtos e serviços.

A expectativa dos realizadores é que a Fevest receba aproximadamente 13 mil pessoas, 30% a mais do que no ano passado.

A Fevest Festival é uma realização do Sindicato das Indústrias do Vestuário de Nova Friburgo e Região (Sindvest), promovida pelo Sistema Firjan e Sebrae, com o apoio do Conselho da Moda, Prefeitura de Nova Friburgo, InterTV, TexBrasil, Abit, Apex; e organização da Teia de Eventos. Mais informações em: (22) 2523-8531 ou em www.fevest.com.

Prefeitura inaugura unidade de estratégia da saúde da família em Amparo

Amparo, o quarto distrito de Nova Friburgo, ganhará uma Unidade de Estratégia da Família nesta terça, dia 28 de junho. A inauguração está prevista para às 16h.

Localidade de origem predominante rural, Amparo vem se tornando um bairro residencial com opções turísticas através do Circuito Ponte Branca.

De acordo com a secretaria municipal de Saúde da Prefeitura de Nova Friburgo, essa unidade ESF oferecerá atendimento médico, odontológico e vacinação. Seu atendimento será diário, das 8h às 17h.

Dois médicos farão o atendimento. Um médico faz parte do Programa Mais Médico e o outro é da Prefeitura. Também fazem parte da equipe dentista, enfermeiro, técnico em enfermagem e agente comunitário de saúde.

domingo, 26 de junho de 2016

Anvisa proíbe venda de papinha para crianças

A Anvisa proibiu a fabricação, distribuição, comercialização e divulgação dos produtos da marca PAPINHA FAZ BEM: Papinhas de Frutas, Papazinhos e Papinhas Orgânicas. Os produtos são fabricados pela empresa FAZ BEM PRODUTOS ALIMENTÍCIOS LTDA-ME e não têm registro.

#SomosTodosAmarildo - por João Tancredo

Em seu novo artigo, o advogado João Tancredo aborda a decisão da Justiça em condenar o Governo do Estado do Rio de Janeiro a indenizar a família de Amarildo de Souza, morto por policiais militares na Rocinha, em 2013. O Dr. João Tancredo é o advogado da família e faz um alerta sobre colocar um fim na violência policial e em casos nunca esclarecidos, que culminaram no desaparecimento de inúmeros cidadãos.

A decisão da Justiça em condenar o Governo do Estado do Rio de Janeiro a indenizar a família de Amarildo de Souza, morto por policiais militares na Rocinha, em 2013, significa muito mais do que uma reparação material e moral. O sentido pedagógico vai muito além, fazendo justiça e colocando no Estado a responsabilidade por seu projeto de segurança pública de extermínio. Um passo legítimo na direção de colocar um fim na violência policial e em casos nunca esclarecidos, que culminaram no desaparecimento de inúmeros cidadãos. “Amarildos” que se tornaram estatística sem o conhecimento da opinião pública.

Infelizmente, porém,esses casos não se tratam de ações isoladas. São, em verdade, frutos de uma política de segurança pública equivocada e que fomenta a violência, a tortura e morte da população pobre. O despreparo de boa parcela da classe policial é uma realidade, pois muitos recrutas, em pouquíssimo tempo, são jogados na rua, sem treinamentos adequados, equipamentos e condições de trabalho. Assim, rapidamente se tornam algozes da população quando, em verdade, deveriam promover a paz e defender o cidadão.

Tal política pública é também criticada por várias instituições respeitadas no cenário internacional. Um relatório da Human Rights Watch, uma das maiores organizações não governamentais do mundo, revelou que as mortes provocadas por policiais no Brasil cresceram 40% em 2014. Já a Anistia Internacional, recentemente, chamou a atenção para a violência e violação dos direitos humanos nas favelas cariocas a 100 dias do início dos Jogos Olímpicos. Segundo a entidade, somente na capital foram 307 mortes causadas por policiais em serviço, em 2015, o que corresponde a um em cada cinco homicídios cometidos na cidade. A entidade detectou ainda que o número de homicídios no país chega a 60 mil por ano, o que extrapola qualquer realidade de guerra. Outro dado alarmante é o fato de 50% dessas mortes serem de jovens.

Portanto, com essa sentença o Poder Judiciário reafirma seu compromisso com a constitucionalidade e legalidade. Somado aos movimentos sociais, que fizeram do caso Amarildo um símbolo de resistência contra a violência policial, essa decisão é a rejeição de toda a sociedade a esse tipo de prática por parte dos agentes públicos e que, com base em uma política de segurança pela violência, se tornou rotineira no Brasil.

    João Tancredo

Skylodge - um hotel de muitas estrelas

Imagina você ter que escalar um paredão de pedras para chegar até o seu quarto de hotel?! Muito louco, né? Mas no hotel Skylodge, que fica na Cordilheira dos Andes, é assim. Para ocupar as cápsulas, quer dizer, os quartos, que ficam suspensos na pedra, os hóspedes, acompanhados de guias, claro, precisam suar a camisa, literalmente, até chegarem aos seus aposentos. No entanto, a recompensa é, com certeza, um visual incrível.


O Skylodge não é um hotel de 5 estrelas, mas de bilhões (basta deitar na cama e curtir o visual).

Fornecedores preparam novidades para a FEVEST 2016

A Feira de Moda íntima, Praia, Fitness e Matéria-prima (Fevest) apresentará, de 6 a 10 de julho, os lançamentos do Polo de Nova Friburgo para a temporada primavera/verão 2017. O evento, que será realizado no Country Clube, em Nova Friburgo, contará com cerca de 100 expositores entre confeccionistas e fornecedores, ocupando uma área total de 12 mil m², com estandes das indústrias de confecções, matérias-primas, serviços e tecnologia.


Como em edições anteriores, não só os confeccionistas preparam novidades, mas os fornecedores também, já que que a Fevest é reconhecida por compradores de todo o Brasil e do exterior como referência de feira de negócios, que possibilita lançamentos de novos produtos, conceitos e tendências.

A Fermoplast, que tem sede no bairro Córrego D’Antas, em Nova Friburgo, estará na feira inovando na apresentação de várias tonalidades de banhos para os artigos produzidos em zamac, bem como a aplicação de pedras preciosas para a linha deluxe. Há a expectativa de ótimos negócios durante a feira, com possibilidade de aumento em cerca de 20% no faturamento total através do lançamento da linha kronos, que é a grande novidade para a feira.

Segundo informações de Vinícius Custódio, gerente de marketing da Fermoplast, a tendência de acessórios para moda praia é o verniz cataforético, que é um banho especial da linha de metais da empresa, que resiste a salinidade da água do mar e traz um brilho único para as peças; e está disponível em quatro tonalidades: gold, dark gold, bronze e rosé. Já para a Moda íntima, a atenção se volta para a cartela de cores da linha de plásticos, cores que vão ditar as tendências para a próxima estação, segundo a Pantone. Novos fechos e regulagens em plástico para alças e elásticos mais largos são tendências no mercado fitness e também serão destaques na Fevest.    

A Prodata Tecnologia é uma empresa de software instalada em Cordeiro/RJ, município próximo à Nova Friburgo, que atua com soluções para o ramo de confecção, comércio em geral e sacoleiro. O resultado são as soluções padronizadas, que permitem aos usuários uma rápida aprendizagem, além de geração de resultados valiosos, com aplicação de conceitos, que trazem aos diretores e gestores das empresas informações analíticas, estatísticas e que permitem total apoio à tomada de decisões.

O destaque na Fevest será o software Prodata IndSis Confecção, que nasceu dentro de uma confecção de médio porte na Região Serrana Fluminense. O sistema foi se desenvolvendo e sendo implantado, amplamente testado e aprimorado com interferência técnica direta de consultores das mais diversas áreas que atuavam na empresa a na construção ideal das funções do software. Aliando aplicação prática dentro de uma confecção, apoio técnico de consultoria especializada e programação com base no que há de mais moderno e eficaz no mercado o resultado foi e é até hoje um software integrado, multi-empresa, com Grade de Produtos e Isumos, Armazenamento em Nuvens em tempo real ou por sincronização, Aplicativos Móveis interligados – tudo isso capaz de gerir uma indústria desde o chão-de-fábrica até o faturamento e emissão de Nota Fiscal.

A empresa friburguense Union Acessórios participará da FEVEST 2016 pela primeira vez. Localizada no Distrito de Conselheiro Paulino, é o mais novo empreendimento da cidade especializado em acessórios para moda. E quem visitar seu estande encontrará vários modelos de fechos frontais de plástico e uma linha de produtos em metal.

A Coltex Têxtil (Joenville/SC), empresa de matéria-prima que estará pela quinta vez na feira, já se prepara para apresentar muitas cores, estampas e texturas diferentes, abusando dos cítricos, étnicos e paisagens nas padronagens das estampas e nas texturas, em trabalhados com diversos fios e desenhos. Seus tecidos para Beachwear, Fitness e Lingerie têm seu mercado principal nas regiões brasileiras Sul, Sudeste e Nordeste, mas também em países das Américas. A Coltex se atualiza constantemente não só de fios, mas de maquinários cada vez mais modernos e tecnológicos, e na feira marcará presença com sua coleção Alto Verão 2017 e já lançando para o Inverno 2017.

Fundada em 2012, a Safra Etiquetas (Piracicaba/SP) vem participando de todas as edições da Fevest e para este ano apresentará Plaquinhas Metal Flex, Cartela Colors e Etiquetas Termo Flex, entre outros, com destaque para as cores: dourado, prata, holográfico e colors. A expectativa é poder fortalecer ainda mais a marca, divulgar seus produtos, firmar acordos comerciais e fazer contato com novos clientes.

A Advance Têxtil (Várzea Paulista/SP) apresentará seus lançamentos em termos de rendas e estamparias para o Inverno 2017. A empresa faz questão de apoiar o polo, que é conhecido há tempos como a ‘Capital da Moda Íntima”.

No site da FEVEST 2016 (www.fevest.com) encontra-se a relação completa dos expositores: Fornecedores e Confecções.

FEVEST 2016 – Feira Brasileira de Moda Íntima, Praia, Fitness e Matéria-Prima 
Data: 06, 07, 08, 09 e 10 de julho de 2016
Horário: 13h às 20h
Local: Nova Friburgo Country Clube 
Endereço: Av. Conselheiro Julius Arp, 140 – Nova Friburgo – RJ
Credenciamento e programação: www.FEVEST.com

sábado, 25 de junho de 2016

Real Banda Euterpe Friburguense na Estação Livre neste sábado

Sob a regência do maestro Nelson José da Silva Neto, a Real Banda Euterpe Friburguense fará a sua segunda apresentação no espaço Estação Livre (ex-Rodoviária de Integração) neste sábado, 25, a partir das 17h. Entrada franca.

​Programa “BandNews Por Aí” é apresentado ao vivo da Praça do Suspiro

Na manhã de sexta-feira (24 de junho), o jornal BandNews FM Rio 1ª Edição foi apresentado diretamente da praça do Suspiro. Um verdadeiro símbolo da recuperação, reconstrução e do potencial de Nova Friburgo em uma grande comemoração que ficará gravada na memória e no coração da cidade.

O quadro da rádio que se chama “BandNews por aí”, teve como objetivo aproximar os apresentadores dos ouvintes da rádio, levando um pouco da cultura e da tradição de Nova Friburgo para todo o Estado.

Das 9h às 12h os ouvintes puderam ficar por dentro de detalhes da maior Feira de Moda Íntima da América Latina, a Fevest, que neste ano será realizada do dia 6 ao dia 10 de julho. No programa, modelos desfilaram as últimas tendências de lingerie que serão apresentadas na tradicional feira, conhecida internacionalmente.


Outro assunto também debatido foi a passagem da Tocha Olímpica Rio 2016 por Nova Friburgo. Em Nova Friburgo, ela chega às 17h30 do dia 30 de julho. O encontro inédito da histórica chama olímpica com o calor humano do povo friburguense promete muitas emoções. Em uma parte do trajeto, a chama será conduzida por um empresário friburguense que, como grande parte da população da cidade, perdeu tudo no evento climático de 2011 e conseguiu se reerguer.​

Alunos da Escola Municipal Anna Barbosa Moreira visitam o prefeito

Na manhã de quinta-feira, dia 23, o gabinete do prefeito Rogério Cabral ficou cheio de crianças. Eram alunos do terceiro ano do ensino fundamental da Escola Municipal Anna Barbosa Moreira, na faixa etária de 8/9 anos, que participam do projeto “Nossa Friburgo”. Estavam acompanhados pela diretora Aretusa Verly, pelas diretoras adjuntas Renata Souza e Flávia Figueira e pela orientadora educacional Débora Soares. A professora da turma, Ilcemar do Almo, não pôde comparecer por motivo de saúde na família. Do bairro Lagoinha mesmo, onde a escola está localizada, são poucos os alunos, que chegam da Vila Amélia, Granja Spinelli, Cordoeira e Catarcione.


Como parte do projeto “Nossa Friburgo”, que proporciona aos alunos conhecerem um pouco da cidade e suas instituições, estiveram na véspera na Câmara Municipal e, após a vista ao gabinete do prefeito, seguiram para a sede da secretaria municipal de Educação.

O prefeito conversou com os alunos de forma descontraída. Lembrou que quando foi vereador criou o projeto “Câmara Mirim”, objetivando despertar nas crianças o interesse pela política. Explicou o funcionamento dos três poderes – Executivo, Legislativo e Judiciário -, a função de prefeito e o funcionamento da Secretaria Municipal de Educação – responsável, por exemplo, pela distribuição de merenda e dos kits escolares que receberam -, bem como das demais secretarias e suas equipes.


Rogério Cabral falou com os alunos sobre o esforço que ele e sua equipe têm feito para manter o pagamento do funcionalismo – e professores inclusive – em dia. No encontro, alguns alunos manifestaram o desejo de ocupar as funções de vereador e prefeito, ocasião em que o chefe do Executivo municipal os orientou a serem bons alunos, estudar muito, fazer o dever de casa e obedecer os pais, como forma de incentivá-los na carreira de estudante visando um futuro melhor e a realização de seus sonhos.

Ao final da visita, alunos, professoras e assessores participaram de um pequeno lanche.

Estado expõe oportunidades geradas pelos Jogos Olímpicos

Encontro visa estimular envolvimento de municípios nos Jogos Rio-2016

Menos de 45 dias separam o Rio de Janeiro das Olimpíadas. Pensando nisso, o Governo do Estado organizou na terça-feira, 21, um encontro com a presença de prefeitos de praticamente todas as cidades fluminenses, com o intuito de apresentar a complexidade da organização dos Jogos Olímpicos e estimular o envolvimento de todos os municípios neste que é considerado o maior evento esportivo do planeta.

De acordo com Leonardo Espíndola, secretário-chefe da Casa Civil, trata-se de um momento em que o Rio estará superexposto de uma maneira absolutamente positiva, o que é considerado fundamental para que todos aproveitem essa chance. “É importante que cada município, dentro das suas capacidades e características, possa aproveitar os milhares de turistas que vêm para a cidade e as oportunidades de negócio, que vão nos permitir atrair mais investimentos e eventos futuros”, afirmou.

Durante a Copa do Mundo, o estado teve uma mostra do impacto de um megaevento esportivo para o país. O número de estrangeiros saltou de 5,8 milhões para 6,4 milhões. Pela primeira vez, o Rio bateu a marca de seis milhões de turistas internacionais e foi registrado um incremento de quase 60% na entrada de dólares no período do evento. A expectativa de ganho institucional com as Olimpíadas é ainda maior. No Mundial de Futebol, o Brasil recebeu 32 seleções e mais de 15 mil profissionais de mídia. Já nos Jogos, serão 206 federações de atletas e mais de 25 mil funcionários de comunicação.

Outro otimista a participar do evento foi o secretário de Esporte, Lazer e Juventude, para quem um legado será deixado tão logo as competições sejam concluídas. “O governo está empenhado em interiorizar os Jogos Olímpicos, levando benefícios para cidades do interior e este é o motivo de nosso encontro, para que todos estejam empenhados nesse sentido”, destacou Marco Antônio Cabral.


 As Olimpíadas 2016 estimularam a execução de políticas públicas para revitalizar a cidade e melhorar a qualidade de vida da população. Desde a candidatura do Rio como sede olímpica, o enfoque é de que os Jogos Olímpicos devem servir à cidade e não o contrário. Para cada real gasto com instalações esportivas, outros cinco são investidos em obras para a população, como linhas de BRTs, VLT e metrô, revitalização de áreas abandonadas e projetos de saneamento, entre outros.
         
Representando Macuco, o prefeito Félix Lengruber disse que é importante atrair investimentos e que o aumento significativo do turismo no Rio de Janeiro também pode se refletir positivamente nos municípios do interior. “Precisamos acreditar que somos capazes de absorver esse legado extraordinário que são oferecidos pelos Jogos Olímpicos”, disse Lengruber.

Prefeitos: Sta Maria Madalena, Macuco e Cordeiro