quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Minicidade do trânsito é reaberta com presença de alunos municipais

Alunos da Escola Municipal Iza Saippa Ranucci, em Duas Pedras, participaram da reabertura da Minicidade do Trânsito, no 11º Batalhão da Polícia Militar, na última quinta, 24. O evento é parte integrante da programação da Secretaria de Ordem e Mobilidade Urbana, com o apoio da Secretaria Municipal de Educação, Conseg, Rota 116, Sest/Senat, na Semana Nacional de Educação no Trânsito. O tema da campanha este ano é “Cidade para as pessoas: proteção e prioridade aos pedestres”.

Antes de voltarem a utilizar a minicidade do trânsito, os alunos assistiram a uma palestra proferida pelo major Mattos, que prendeu a atenção não apenas das crianças, mas de todos os presentes, graças a sua forma de conduzir a apresentação.

Em seguida, todos se dirigiram à minicidade e os alunos foram orientados sobre como proceder enquanto se comportavam como pedestres e motoristas - equipados com bicicletas.

O evento contou com a presença da secretária municipal de Educação, professora Tânia Trilha, do coronel Hespanha, comandante do 11º BPM, de representante do Conseg, de representante do vereador Gustavo Barroso, além dos servidores da escola Iza Saippa que acompanharam os alunos.

Datafolha: Dilma, 40%; Marina, 25% e Aécio, 20%

Pesquisa Datafolha divulgada nesta terça-feira (30) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto na corrida para a Presidência da República:


- Dilma Rousseff (PT): 40%
- Marina Silva (PSB): 25%
- Aécio Neves (PSDB): 20%
- Pastor Everaldo (PSC): 1%
- Luciana Genro (PSOL): 1%
- Eduardo Jorge (PV): 0%*
- Zé Maria (PSTU): 0%*
- Rui Costa Pimenta (PCO): 0%*
- Eymael (PSDC): 0%*
- Levy Fidelix (PRTB): 0%*
- Mauro Iasi (PCB): 0%*
- Branco/nulo/nenhum: 5%
- Não sabe: 5%

* Cada um dos seis indicados com 0% não atingiu, individualmente, 1% das intenções de voto; somados, eles têm 1%.

Espontânea

Na modalidade espontânea da pesquisa (em que o pesquisador somente pergunta ao entrevistado em quem ele pretende votar, sem apresentar a lista de candidatos), os resultados são os seguintes:

- Dilma Rousseff : 35%
- Marina Silva: 20%
- Aécio Neves: 16%
- Outras respostas: 3%
- Em branco/nulo/nenhum: 5%
- Não sabe: 22%

Rejeição

A presidente Dilma tem a maior taxa de rejeição (percentual dos que disseram que não votam em um candidato de jeito nenhum). Nesse item da pesquisa, os entrevistados puderam escolher mais de um nome. Veja os números:

- Dilma Rousseff: 31%
- Marina Silva: 25%
- Aécio Neves: 23%
- Pastor Everaldo: 22%
- Levy Fidelix: 20%
- Zé Maria: 18%
- Eymael: 18%
- Luciana Genro: 16%
- Rui Costa Pimenta: 15%
- Eduardo Jorge: 15%
- Mauro Iasi: 14%

Avaliação da presidente

- Ótimo/bom: 39%
- Regular: 37%
- Ruim/péssimo: 23%
- Não sabe: 1%

A nota média atribuída pelos entrevistados ao governo foi 6,1 (a mesma da semana anterior).

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "Folha de S.Paulo" e registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-00905/2014. O Datafolha ouviu 7.520 eleitores em 311 municípios nos dias 29 e 30 de setembro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Centro de Cidadania LGBT faz seminário de prestação de contas e propostas

O Centro de Cidadania LGBT (CCLGBT) Serrana I, órgão da Prefeitura Municipal de Nova Friburgo,  em parceria com a Secretaria Estadual de Assistência Social e Direitos Humanos, e através do Programa Estadual Rio Sem Homofobia, coordenado pela Superintendência de Direitos Individuais, Coletivos e Difusos/SEASDH, realiza o Seminário de Prestação de Contas dos Serviços à População LGBT da Região Serrana & Propostas de Ações e Manutenção dos Serviços para o exercício de 2015. O evento está marcado para sexta-feira, 3, no horário das 9h às 17h, no auditório do Centro Administrativo César Guinle, na Avenida Alberto Braune, 224, em frente à prefeitura, no Centro.

O convite para participação no seminário é da coordenadora do CCLGBT, Silvia Furtado. Mais informações na sede do CCLGBT, na Avenida Alberto Braune, 223, prédio anexo à prefeitura, no Centro, pelos telefones 2523-7907 e 2525-9189, ou pelo correio eletrônico friburgo.lgbt@hotmail.com.

Sistema FIRJAN aponta a descoberta de novas áreas para a expansão industrial como o grande desafio do Centro Norte Fluminense

Documento 'Visões de Futuro' lista ações concretas para alavancar o estado nos próximos 15 anos e será entregue aos candidatos a governador

A Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (FIRJAN) reuniu mais de mil empresários, representantes do poder público e da sociedade organizada para, junto com seus técnicos, mapear gargalos e apresentar sugestões de ações para o desenvolvimento sustentável do estado.  O documento ‘Visões de Futuro: potencialidades e desafios para o estado do Rio de Janeiro nos próximos 15 anos’ traça uma rota de desenvolvimento e detalha, para cada região, o que deve ser feito para fomentar a atração de empresas, melhorar a logística, a mobilidade urbana e a qualidade de vida dos trabalhadores.

Nas próximas duas décadas, o estado do Rio de janeiro receberá grande volume de investimentos que provocará profundas transformações. Esse movimento vai acelerar o crescimento econômico, e provocar expansão da população e pressão sobre a infraestrutura já existente, como a de transporte urbano. A falta de planejamento pode levar, por exemplo, à favelização de áreas vizinhas a polos geradores de empregos. É importante também ampliar o fornecimento de gás natural e a qualidade e quantidade da carga de energia elétrica para as indústrias, sob risco de retardar importantes investimentos.

Na região Centro Norte Fluminense, o principal gargalo identificado foi escassez de locais para a expansão industrial, devido à topografia irregular e áreas com restrições ambientais. Para resolver essa questão, o documento sugere a criação de um Plano Diretor Integrado para os municípios da região que contemple os investimentos em andamento e previstos e a identificação de novas áreas com vocação industrial, instalando nelas condomínios industriais estruturados. Além disso, é necessário adequá-las com infraestrutura necessária, como  fornecimento de água, energia, gás natural, e banda larga, por exemplo. É importante também a ampliação dos sistemas de prevenção, monitoramento e reação a eventos climáticos.

As principais rodovias da região – RJ-116, RJ-160, BR-492 e BR-495 – possuem sérias restrições logísticas. Entre as ações concretas sugeridas, estão a conclusão da terceira pista da RJ-116, em toda a extensão da Serra; a construção da estrada do contorno de Nova Friburgo, Cachoeiras de Macacu e Macuco, para retirar o tráfego de longa distância do centro urbano; e a duplicação das BRs 492 e 495, melhorando as ligações entre Nova Friburgo e Teresópolis e entre Teresópolis e Petrópolis.

A demanda por trabalhadores qualificados deve acompanhar o crescimento da indústria. A intensificação da atuação do SENAI do Rio na formação de mão de obra da região é uma das ações concretas propostas. Por isso, foi inaugurado este ano o SENAI Espaço da Moda, que atende de forma integrada as demandas do setor de moda íntima, uma vocação da região. Esse centro especializado foi criado para qualificar trabalhadores e empresários, e promover ações que estimulem o desenvolvimento da indústria, como seminários, palestras e consultorias. 

Para a presidente da Representação Regional da FIRJAN, Márcia Carestiato Sancho, o ‘Visões do Futuro’ é uma grande contribuição que o Sistema FIRJAN está apresentando ao poder público, para que cada região cresça de forma ordenada e planejada, acompanhando o crescimento econômico previsto: “Tenho a certeza de que, desta forma integrada e com todo apoio da FIRJAN, o Rio despontará como o estado com o maior crescimento e maiores investimentos do Brasil. Esperamos sinceramente que o futuro governo aproveite as sugestões apresentadas neste documento”.

O documento com as sugestões reunidas pela FIRJAN foi entregue nesta segunda-feira, dia 29 de setembro, ao candidato do governo do estado Luiz Fernando Pezão, no evento ‘Visões de Futuro: propostas para o estado do Rio e para o Brasil’, que aconteceu na sede da Federação, no Centro do Rio. Pezão é o sexto convidado desse encontro este ano, criado para que candidatos a governador do Rio e a presidente possam expor suas ideias a empresários fluminenses. Os demais candidatos ao governo do Rio também receberão um exemplar do documento.

Acesse o site www.firjan.org.br/visoesdefuturo e confira a íntegra do documento ‘Visões de Futuro: potencialidades e desafios para o estado do Rio de Janeiro nos próximos 15 anos’.

Ibope: Pezão tem 31% dos votos e Garotinho, 24%

Pesquisa IBOPE divulgada no final da tarde desta terça, 30, aponta o governador e candidato à reeleição, Pezão, em primeiro lugar nas intenções de voto, com 31%. Em segundo lugar aparece o deputado Garotinho, com 24%. Em terceiro lugar, o Ibope aponta o senador Marcelo Crivella (PRB), que registrou 16% das intenções de voto no último levantamento. Em quarto, está o senador Lindbergh Farias (PT), com 9%. O candidato do PSOL, Tarcísio Motta, teve 1% das intenções de voto, assim como Dayse (PSTU).


Segundo a pesquisa, que ouviu 2.002 eleitores entre os dias 27 e 29 deste mês, 12% dos entrevistados votariam em branco ou nulo, e 6% não souberam ou não quiseram responder.

Com o resultado divulgado hoje, Pezão se consolida em primeiro lugar e deverá disputar o segundo turno do Rio com Garotinho.

O Ibope voltou a avaliar o índice de rejeição dos candidatos ao governo do Rio de Janeiro. Garotinho aparece em primeiro lugar, com 40% de rejeição. Lindbergh está em segundo, com 20%; seguido por Pezão, com 16%; e Crivella, com 14%.

Ney Nunes (PCB) tem 11% de rejeição, Dayse (PSTU), 10%; e Tarcísio Motta (PSOL), 9%.

Um total de 9% dos eleitores disse que votariam em qualquer candidato, e 17% não quiseram ou não souberam responder.

Avaliação do governo Pezão

Por fim, o Ibope avaliou o atual governo estadual. Para 5% dos eleitores, Pezão faz um governo “ótimo”. Para 25%, é “bom”. Para 38%, a atual administração é “regular”. Para 12%, é “ruim. E, para 11% é “péssima”. Um total de 10% não soube ou não quis responder.

A pesquisa divulgada hoje foi registrada no TRE-RJ com o número 48/2014 e no TSE sob o número 00897/2014.

A pesquisa foi divulgada pelo jornal O Globo 

Dilma tem 39%; Marina, 25% e Aécio, 19%, aponta Ibope

Pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira (30) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto na corrida para a Presidência da República:


- Dilma Rousseff (PT): 39%
- Marina Silva (PSB): 25%
- Aécio Neves (PSDB): 19%
- Pastor Everaldo (PSC): 1%
- Luciana Genro (PSOL): 1%
- Zé Maria (PSTU): 0%*
- Eduardo Jorge (PV): 0%*
- Rui Costa Pimenta (PCO): 0%*
- Eymael (PSDC): 0%*
- Levy Fidelix (PRTB): 0%*
- Mauro Iasi (PCB): 0%*
- Branco/nulo: 7%
- Não sabe/não respondeu: 7%

* Cada um dos seis indicados com 0% não atingiu 1% das intenções de voto; somados, eles têm 1%

Índice de Rejeição

De acordo com a pesquisa, a presidente Dilma tem a maior taxa de rejeição (percentual dos que disseram que não votam em um candidato de jeito nenhum). Nesse item da pesquisa, os entrevistados puderam escolher mais de um nome.

- Dilma Roussef: 31%
- Marina Silva: 20%
- Aécio Neves: 19%
- Pastor Everaldo: 14%
- Levy Fidelix : 11%
- Zé Maria: 10%
- Eymael: 10%
- Luciana Genro: 9%
- Mauro Iasi: 9%
- Rui Costa Pimenta: 8%
- Eduardo Jorge: 8%

O resultado da pesquisa de avaliação do governo Dilma foi o seguinte:

- Ótimo/bom: 38%
- Regular: 33%
- Ruim/péssimo: 28%
- Não sabe/não respondeu: 1%

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "O Estado de S.Paulo" registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-00909/2014. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou menos. Foram ouvidos 3010 eleitores entre os dias 27 e 29 de setembro.

Abertura da Semana do Idoso lota a Câmara e prefeito destaca ações voltadas para a terceira idade

Todos os assentos estavam tomados e muitas pessoas tiveram que se revezar no plenário da Câmara Municipal na tarde de segunda-feira, 29, para assistir a sessão solene de abertura da Semana do Idoso em Nova Friburgo. O evento - organizado pela Secretaria Municipal de Assistência Social - teve a presença do prefeito Rogério Cabral, que aproveitou o encontro para falar sobre as ações desenvolvidas pelo município voltadas para o público da terceira idade.

O prefeito citou a implantação das academias ao ar livre em sete localidades. "Este programa desenvolvido em parceria com o governo estadual tem como objetivo oferecer mais qualidade de vida para a terceira idade. O nosso objetivo é levar o programa para muitas outras comunidades", afirmou.

O chefe do Executivo também destacou a criação do Fundo Municipal do Idoso, que permitirá à Prefeitura captar recursos para novos programas da terceira idade. Ele também lembrou que o município está em avançadas negociações para fazer a desapropriação amigável de metade do Clube de Xadrez, onde funciona o Centro de Convivência da Feliz Idade.

"A nossa proposta é garantir uma sede própria para o Centro de Convivência da Feliz Idade. A partir daí, buscarmos recursos para a reforma do prédio e também ampliar o atendimento, com mais vagas, cursos e outros benefícios para os idosos, a quem gosto de chamar de população da feliz idade", afirmou.

A Semana do Idoso tem diversas atividades agendadas para o decorrer desta semana, tais como palestras sobre a importância das políticas públicas para a terceira idade e cuidados com os idosos; roda de conversa sobre a importância do idoso se manter ativo; direitos e deveres; Estatuto do Idoso; entre outros.

Na sessão solene da Câmara fizeram parte da mesa principal, além do prefeito Rogério Cabral, a secretária de Assistência Social, Simone Almeida; a presidente do Conselho Municipal do Idoso, Clélia Rangel, além dos vereadores Alexandre Cruz, Vanderléia Pereira e Christiano Huguenin, todos eles pertencentes ao grupo Legislativo que trata dos direitos da terceira idade.

terça-feira, 30 de setembro de 2014

Campo do Coelho ganha academia ao ar livre e governo promete novos equipamentos públicos

O prefeito Rogério Cabral e o secretário estadual de Envelhecimento Saudável e Qualidade de Vida, Marcus Wilson Von Seehausen, participaram no sábado, 27, da inauguração da academia ao ar livre em Campo do Coelho, sede do 3º distrito. Este foi o terceiro equipamento do gênero [os outros foram no bairro Bela Vista e Santa Cruz] entregue à população friburguense nos últimos dois meses e o sétimo em atividade no município [Clube do Xadrez, Chácara do Paraíso, Conselheiro Paulino e Via Expressa].

Durante a solenidade, o prefeito Rogério Cabral destacou a importância da academia ao ar livre para o público da terceira idade. "As pessoas irão praticar uma atividade com todo o acompanhamento necessário. Isso representa qualidade de vida", acrescentou.

O chefe do Executivo disse ainda que o 3º distrito está apenas começando a receber as medidas do poder público. Ele lembrou que várias ruas do Campo do Coelho [a primeira foi a Estrada da Saibreira] estão sendo pavimentadas e que, num futuro breve, a comunidade será beneficiada com a instalação de uma unidade da Unidade Básica de Família (UBS), reforma completa do campo de futebol e um parquinho infantil, entre outros equipamentos.

Visando a promover qualidade de vida, a academia ao ar livre é um projeto desenvolvido em parceria com o governo estadual, voltado para o público da terceira idade.

"A intenção é estimular a prática diária da atividade física entre os idosos e mostrar o quanto essa simples ação pode acrescentar no dia a dia deles em termos de qualidade de vida. Por isso, este é um trabalho que queremos ampliar cada vez mais", disse o secretário Marcus Wilson Von Seehausen. As academias contam com equipe multidisciplinar de profissionais. No Campo do Coelho, a unidade foi instalada anexa ao campo de futebol, às margens da RJ-130.

Manejo ecológico do solo é tema de oficina em Nova Friburgo

Foto: Paulo Filgueiras
Iniciativa estimula adoção de tecnologias sustentáveis, como a produção de adubo natural fermentado

Com o objetivo de estimular cada vez mais a adoção de práticas agroecológicas entre os agricultores familiares, a Rede de Pesquisa, Inovação, Tecnologia e Serviços Sustentáveis em Microbacias Hidrográficas (fórum articulado pelo Programa Rio Rural que reúne instituições parceiras do setor agropecuário) promoveu no dia 17 de setembro uma oficina sobre manejo ecológico do solo, no campo experimental do Centro Estadual de Pesquisa em Horticultura da Pesagro-Rio, instalado na localidade Campestre, em Nova Friburgo.

Organizada pelo grupo de trabalho sobre insumos agroecológicos da Rede de Pesquisa, a atividade incluiu palestras sobre a natureza do solo tropical, compostagem a partir de resíduos vegetais e animais e conservação do solo. Na parte prática, foi produzido o composto orgânico do tipo bokashi, que acelera o processo de regeneração do solo. O material foi preparado com auxílio de uma betoneira, cuja capacidade total é de 400 litros.

Foto: Paulo Filgueiras
A engenheira agrônoma e consultora do Rio Rural, Ana Paula Pegorer, promoveu uma reflexão sobre o equilíbrio da natureza em comparação à realidade da produção agropecuária brasileira. Segundo ela, um dos grandes problemas da região é o solo desprotegido, que fica sempre sujeito à erosão e que provoca o desequilíbrio na nutrição das plantas. “O manejo agroecológico é muito mais amplo que apenas usar o composto do tipo bokashi. O mato, por exemplo, é uma fonte de alimento para a vida do solo. É o agricultor trabalhando sempre em sintonia com a natureza, pois a terra é um bem que precisa estar disponível para as próximas gerações”, defendeu.

Já Eiser Felippe, também consultor do Rio Rural, falou sobre as vantagens da adubação com matéria orgânica através de um composto feito com resíduos dos cultivos vegetal e animal, experiência que já rendeu resultados positivos nos municípios de São José do Vale do Rio Preto e Trajano de Moraes. Neste caso, podem ser utilizados ingredientes como camas de cavalo e de aviário, restos de culturas, sobras de agroindústria, palhas, cascas, serragem, esterco, resíduos de abatedouros e incubatórios (sangue, ovos e penas), entre outros. “Esse composto é, basicamente, a mistura de fontes de matéria orgânica, sendo necessariamente uma delas com a relação carbono/nitrogênio alta e a outra, baixa. Todo esse material decomposto vai se transformar em húmus, que, por sua vez, vai aumentar a fertilidade e melhorar a vida do solo, além de diminuir a incidência de pragas e doenças nas plantas”, explicou o engenheiro agrônomo.

Alternativa sustentável

A produção do adubo do tipo bokashi foi coletiva. Para a composição, é preciso combinar na proporção correta um farelo (arroz, trigo, cevada e/ou milho), uma torta vegetal (oleaginosas como mamona, girassol, soja e/ou amendoim), minerais (fosfato natural, calcário ou pó de pedra) e outros materiais (cascas, palhas, resíduos de agroindústrias, farinha de carne e osso e/ou farinha de peixe). Após a mistura dos farelos, coloca-se, aos poucos e com auxílio de um regador, a solução de água sem cloro, açúcar mascavo e fermento (EM – Microorganismos Eficazes, Kefir ou Embiotic). A mistura deve ser armazenada numa bombona ou num saco de ráfia forrado durante 21 dias. No final do processo, o adubo pode ser aplicado nas lavouras de frutas, legumes, verduras e flores.

Thais Schuenck é técnica em agropecuária e, com auxílio da família, cultiva couve-flor, brócolis e alface, além de dedicar parte do tempo na criação de galinhas, porcos e cavalos na localidade Centenário. Ela não conhecia o adubo e garante estar disposta a experimentá-lo. “É uma nova técnica, de fácil acesso ao produtor e, com a betoneira, dispensa mão-de-obra. Assim que estiver pronto, vou usar a mistura produzida na oficina na horta do meu sítio”, disse.

O engenheiro agrônomo Daniel Dias, do Núcleo de Pesquisa Participativa do Rio Rural, explica que a betoneira ficará à disposição dos agricultores da região que se interessarem em produzir o adubo em maiores quantidades, em regime de mutirões. “Tudo vai funcionar através de parceria. A ideia é estimular o uso do bokashi para melhorar a produtividade e a qualidade dos produtos”, afirmou.

Nos próximos meses, estão previstos outros eventos para atender à demanda local dos agricultores orgânicos e agroecológicos, cumprindo as metas do Plano de Desenvolvimento da Cadeia de Orgânicos, construído por técnicos e produtores durante as reuniões de trabalho da rede de pesquisa. Além de Nova Friburgo, outros municípios da região já estão sendo beneficiados por atividades de formação em agroecologia, como Petrópolis, São José do Vale do Rio Preto, Sumidouro, Teresópolis e Trajano de Moraes.

Participaram da oficina estudantes do Colégio Estadual Agrícola Rei Alberto I (Ibelga), agricultores de Nova Friburgo, Teresópolis e Sumidouro, além de técnicos da Embrapa Agrobiologia, Prefeitura, Ceasa-RJ, Emater-Rio e Pesagro-Rio.

Foto: Paulo Filgueiras

Pezão tem encontro com empresários na FIRJAN

O Sistema FIRJAN (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro) recebeu  na  tarde desta segunda-feira, dia 29 de setembro, o governador e candidato à reeleição do governo do estado do Rio Luiz Fernando Pezão (PMDB). Ele participou do evento “Visões de Futuro: propostas para o Estado do Rio e para o Brasil".

Pezão foi o terceiro candidato ao governo do estado a participar do encontro, que tem o objetivo de debater junto aos empresários fluminenses propostas para o desenvolvimento do Rio nos próximos anos.

O evento “Visões de Futuro” também recebeu os candidatos Lindberg Farias (PT) e Marcelo Crivella (PRB), além dos candidatos à Presidência da República Aécio Neves e Marina Silva, e o então pré-candidato Eduardo Campos, que apresentaram suas propostas para o futuro do país.

Ciência e Tecnologia confecciona rouparia hospitalar para o Raul Sertã e Hospital Maternidade

A Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissionalizante e Superior, através do CEVEST - Centro de Formação Profissional e Transferência para Indústria do Vestuário - está confeccionando rouparia para o Hospital Maternidade de Nova Friburgo e Hospital Municipal Raul Sertã.


Ao longo da última semana já tinham sido entregues algumas peças como, lençóis hospitalares, fronhas, pijamas cirúrgicos, capotes cirúrgicos e campos operatórios e na sexta- feira (26), a secretaria voltou a entregar mais uma leva de rouparia hospitalar para as duas unidades.

Vagas de empregos da semana – SINE

Os interessados devem comparecer ao SINE munidos de Carteira de Trabalho, RG, CPF e comprovante de residência.

SINE – Avenida Alberto Braune, 223 – centro, antiga rodoviária.
Tel: 2525-9205 e ou 2519-2431.

Horário de atendimento: 8h às 17h – de segunda à sexta-feira.

Vagas:

Afiador de Cutelaria - 1
Ajudante de Cozinha - 1
Ajudante de fundidor - 3
Ajudante de Padeiro - 1
Almoxarife - 1
Atendente balconista - 1
Auxiliar administrativo - 1
Auxiliar de contabilidade - 1
Auxiliar de costureira - 1
Auxiliar de linha de produção - 3
Balconista - 1
Carpinteiro - 5
Churrasqueiro - 1
Cortador - 1
Costureira - 12
Empregada doméstica - 1
Faxineiro (Que resida em Lumiar) - 1
Garçom - 4
Gerente Administrativo - 1
Mecânico - 2
Mecânico de campo - 1
Mecânico montador - 2
Montador - 2
Motorista caminhão - 3
Operador de caixa - 1
Operador de injetora de plástico - 3
Operador de Teleatendimento - 1
Perfumista - 1
Promotor de vendas - 2
Recepcionista atendente - 1
Repositor de mercadorias - 1
Serralheiro de alumínio - 1
Servente de obras - 10
Servente de pedreiro - 1
Vendedor - 2